26 de abr de 2011

O SOLO SAGRADO

Infelizmente esta frase é verdadeira: “A maioria dos jogadores, treinadores e torcedores, dirigentes e imprensa, não conhecem o conteúdo da Carta Magna do Futebol - as 17 leis”.

Observando esta péssima realidade, vamos a partir deste artigo levar aos leigos, o universo da arbitragem de futebol.

Vamos iniciar falando da Lei nº01 – O solo sagrado ou simplesmente o campo de jogo.


O campo de jogo sempre terá um formato retangular, sendo o seu comprimento (linhas laterais) entre 90 a 120 metros e sua largura (linhas de fundos) entre 45 a 90 metros.

Em jogos internacionais estas medidas ficarão entre 100 a 110 metros e 64 e 75 metros.

Ele será plano e totalmente gramado. Hoje a FIFA aprova a utilização de grama artificial, sob o seu selo de aprovação.

É claro que na várzea, gramado é “artigo de luxo”, os campos são de todos os tipos, gramado ou pouca grama, terra batida e esburacado, não importa, as partidas realizadas nestes tipos de terrenos não ficam muito atrás das realizadas em gramados em perfeitas condições.

O campo será marcado com linhas. Estas pertencerão às zonas que demarcam.

Então podemos afirmar que a bola em cima da linha esta em jogo!

As duas linhas mais compridas são denominadas laterais, e as que ficam nas extremidades do campo, de linhas de meta.

O campo será dividido ao meio por uma linha central, sendo esta dividida também ao meio por um ponto central, e ao seu redor será traçado um círculo com 9,15 metros de raio.

Nos extremos do campo serão demarcadas as chamadas pequenas áreas ou áreas de metas, serão traçadas duas linhas perpendiculares à linha de fundo a 5,5 metros, desde a parte interior de cada trave (poste de meta). Essas linhas adentrarão 5,5 metros no campo de jogo e será unida com uma linha paralela a linha de meta.

Também nos extremos do campo serão demarcadas as duas áreas penais, as chamadas grandes áreas. Serão formadas por duas linhas perpendiculares à linha de fundo a 16,5 metros, desde a parte interna de cada poste de meta. Essas linhas adentrarão 16,5 metros no campo de jogo e serão unidas com uma linha paralela à linha de meta.

Em cada uma destas áreas será marcado um ponto penal, a 11 metros de distância do ponto médio da linha entre os postes e eqüidistantes dos mesmos. No exterior de cada área penal será traçado um sem-círculo com raio de 9,15 metros desde cada ponto penal. A finalidade deste semi-círculo e colocar, exceto o cobrador do penal, todos os jogadores à 9,15 metros.

Em cada canto do campo será colocado um mastro com uma bandeirinha, este terá uma altura mínima de 1,5 metros e também será traçado desde este mastro um quarto de círculo com um raio de 1 metro.


As traves ou metas serão colocadas no centro de cada linha de fundo. Consistirão em dois postes verticais, eqüidistantes das bandeirinhas de canto e unidas na parte superior por uma barra horizontal (travessão). A distância entre os postes será de 7,32 metros e a distância da borda inferior do travessão ao solo será de 2,44 metros.


Os postes e travessão terão a mesma espessura e juntamente com todas as linhas terão uma mesma largura não superior a 12 cm, sendo obrigatoriamente de cor branca bem como os mastros de canto.


E para finalizar, as redes não são obrigatórias, porém é aconselhável sempre que possível, e, além disso, serão obrigatórias, se assim exigir o regulamento da competição. Este é o campo de jogo, o solo sagrado onde se pratica o mais popular dos esportes, o futebol.




Por Valter Ferreira Mariano

Nenhum comentário: