5 de jun de 2012

O ÁRBITRO DE FUTEBOL MODERNO


Em nenhum momento na historia do universo da arbitragem de futebol, o árbitro (regra 05) foi tão testado e colocado à prova em suas decisões.

Árbitro português Pedro Proença - árbitro moderno 

Observando este novo comportamento da sociedade futebolística o árbitro moderno não pode mais ser acomodado, desmotivado e sem aspiração para apitar um jogo de futebol.

Hoje o futebol exige um árbitro de coragem com atitudes firmes, sem medo de errar, pois se errar tem que encarar este erro como sendo da sua natureza humana, seguir em frente, sem titubear, demostrando a todos sua autoridade, passando a imagem de conhecedor da Carta Magna do Futebol (Livro de Regras) e não de um regente soberano querendo ditar a qualquer custo sua autoridade.
                                                                                           
O árbitro tem que ter vontade de vencer dentro do universo da arbitragem, ousadia para sobre sair em relação aos demais nobres companheiros, um perfeito equilíbrio emocional e um ótimo humor, pois sorrir faz muito bem a saúde, o humor é um membro da felicidade.

Em nenhum momento da sua carreira o árbitro deve ter a sensação que é top de linha, que já aprendeu de tudo e conhece mais que seu companheiro e que o trabalho em equipe é para os iniciantes, lembra, é apenas sensação e como tal é passageira, assim agindo vai ser apenas um árbitro de momento, de uma só partida.

Por Valter Ferreira Mariano
Imagem: Blog  Record

Nenhum comentário: