16 de nov de 2011

SAI AS PENAS AOS AGRESSORES DO ÁRBITRO ASSISTENTE NO ÂMBITO DESPORTIVO.

Dois dos três homens acusados pela Polícia Civil de agressão e de ameaça ao árbitro-assistente José Nelito Fidélis foram julgados nesta quarta-feira, às 19h, pela Liga Campineira de Futebol. Eduardo Honorato Almeida dos Santos, de 29 anos, foi punido com 1.350 dias (3 anos e 255 dias) e Marcelo Almeida dos Santos, de 27, foi punido com 1.300 dias (3 anos e 205 dias). Enquanto que Adeni Almeida dos Santos, de 52 anos, pai de Eduardo e também envolvido nas acusações de agressões, por não ter vinculo com a instituição responderá somente à polícia, pelo crime de ameaça.

2 comentários:

Du Lealdini disse...

É pouco. Pra mim, são todos bandidos e deveriam estar na cadeia.

Anônimo disse...

Sou Policial Civil e Arbitro.. gostaria que algum torcedor e/ou jogador filhos-da-puta como estes fizesse o que fez com o nobre assistente... há.. acabaria um por um... a bala... meteria uma ponto 40 na cara deles.. seus Covardes.. venha aprontar aqui em Mato Grosso... canalhas...