4 de ago de 2009

ÁRBITRO OU MESTRE DE BATERIA DE ESCOLA DE SAMBA


O árbitro de futebol tem que saber usar suas ferramentas de trabalho, dentre elas o apito, pois o uso incorreto pode torná-lo um mestre de bateria de escola de samba.


O uso do apito expressa a legítima autoridade do árbitro dentro do solo sagrado, (campo de jogo – regra 01). Será através dele que a partida será iniciada, paralisada, reiniciada e finalizada.


O apito será necessário para autorizar o inicio da partida, no reinício com o segundo tempo e após ter sido marcado um gol. Nestes casos, o som do apito será forte com uma duração mediana.


Em situações que uma infração é considerada branda e corriqueira, que a possibilidade de obter um tento direto é quase nulo, o silvo será curto e seco. Porém, se esta infração ocorrer nas proximidades da área penal (grande área), o silvo será forte e um pouco mais logo, indicando que através dela a possibilidade de obter um gol direto é favorável ao seu executor.


As infrações que levam um grande risco à integridade física dos jogadores, ou jogada violenta, que o uso de um dos dois cartões se fará necessário, o som do silvo será forte e longo, no qual o árbitro mostrará que não gostou nem um pouco da infração. Será como sua “cara feia” para o lance.


Na sinalização de uma penalidade máxima (regra 14), o árbitro deve mostrar através do silvo do seu apito toda sua convicção que a mesma ocorreu. Neste caso, o silvo será forte, bem alto e um pouco longo. Assim todos saberão com clareza que uma penalidade foi marcada.


Ao reiniciar o jogo após o mesmo ter sido paralisado para aplicação de um cartão amarelo ou vermelho, ou para atendimento de atleta lesionado, ou nas substituições, o silvo será curto. Porém, com uma boa altura para que todos saibam que o jogo será reiniciado.


O apito deve ser usado de forma repicada para chamar atenção que algo está errado ou fora de posição, como a posição da bola no quarto de circulo na execução de um tiro de canto (regra 17), a distância de 9,15m da barreira em relação à bola, do tiro de meta (regra 16) ou do posicionamento do atleta na cobrança de um arremesso lateral. Este silvo repicado informa que o posicionamento deverá ser corrigido para que se possa reiniciar a partida.


Não se fará necessário o uso do apito para autorizar a execução de um tiro de canto, meta, arremesso lateral ou quando um gol é marcado (regra 10). Porém, se há demora na execução ou um gol é marcado deixando dúvida se bola entrou ou não, nestas situações a intervenção do silvo do apito se fará necessário para chamar atenção dos jogadores.


O apito é um instrumento do árbitro, e como tal deve ser usado com destreza. O uso de forma desnecessária e freqüente terá menos impacto quando for necessário. Para iniciar o jogo, o árbitro deverá anunciar claramente aos jogadores que o jogo só pode reiniciar após este sinal.

Nenhum comentário: