10 de nov de 2010

24 horas da partida

As 24 horas que antecede a partida, são de vital importância para o árbitro de futebol. Neste período todos os cuidados deverão ser tomados, como uma boa noite de sono. Baladas! Nem em sonho, muito menos ingerir bebidas alcoólicas. Se fumar, deve diminuir a quantidade de cigarros, o ideal é não fumar.

Ter em mente que todos os cuidados foram tomados, garante ao árbitro a certeza que a sua arbitragem será ótima. O seu desempenho físico e mental passará à todos que é conhecedor do espírito das 17 Regras, aplicando-as próximo do lance e com total nitidez, inibirá qualquer tipo de reclamação, passando a ser respeitado e ganhando a confiança dos jogadores. Por outro lado, o árbitro que não deu a devida importância à noite anterior, será castigado pelo seu corpo e mente, onde a fadiga e o raciocínio lento prejudicarão a partida, sem contar o mau hálito causado pelo consumo da bebida alcoólica.

No dia da partida, o árbitro deve fazer uma alimentação com alimentos de forte poder nutritivo, a alimentação à base de saladas é aconselhável (consultar um nutricionista) para quem em poucos momentos depois terá que empregar suas energias sem a menor reserva. Beber apenas água, já que qualquer bebida alcoólica proporciona energias apenas momentâneas, que logo se convertem em forças diminuídas.

O árbitro deve ter-se alimentado pelo menos duas horas antes do jogo. O estômago em pleno processo de digestão entorpecerá seu trabalho, sentir-se-à pesado, as idéias chegarão ao cérebro tardias e confusas. Na arbitragem a rapidez de raciocínio fará a diferença entre a boa e a má atuação do árbitro.

O verdadeiro árbitro profissional busca na ciência formas de lapidar sua nobre função. Buscar o apoio de um nutricionista é uma delas.

Por Valter Ferreira Mariano

Nenhum comentário: