7 de out de 2010

Os pontos do sucesso do árbitro de futebol


Para ser torna um árbitro (regra 05) de primeira categoria, sua jornada dentro do universo da arbitragem de futebol deverá ser regada pela sua capacidade de ser feliz, esta capacidade terá três ponto a serem vividos ao longo de sua carreira bem como na sua própria existência.

Assim definimos que o primeiro ponto a ser regado será a responsabilidade de assumir plenamente as conquistas almejadas. Nada de ficar esperando a oportunidade cair do céu. Aceitar plenamente sua responsabilidade de conduzir e organizar suas ações e ter a consciência que a arbitragem requer o empenho incondicional em nome da nobre função. O bom relacionamento com os companheiros de profissão, com os amigos em geral, com os companheiros e chefe no trabalho e principalmente com os entes da família, consistirá em uma auto-estima saudável

O segundo ponto a ser regado será a essência de ser uma pessoa verdadeira. Querer viver uma vida diferente e sentir que é outra pessoa será um engano. É a denúncia que rejeita a si própria. Esta rejeição ocultará sua própria identidade e resultará na maquiagem dos problemas a serem enfrentados. A sua transparência e a coragem de viver sua própria vida e, deixar que todo o veja você estará reconhecendo os seus valores.

A sabedoria de dividir as conquistas com os demais companheiros será a contribuição para o fortalecimento das capacidades e este será o terceiro ponto a ser regado. O árbitro deverá ter o pleno conhecimento que esta divisão será necessária e quando isso não ocorrer, será egoísmo, o medo de perder o que conquistou. Todavia esta divisão deverá ser com pessoas que demonstra confiabilidade de recepção e não com aquelas que se sentem por de baixo, cheio de magoa no seu coração, estas pessoas demonstra uma auto-estima negativa e desmotiva aqueles que querem seguir a frente.

Estabelecer estes pontos dentro do universo da arbitragem permitirá ao árbitro uma preparação mais eficaz durante sua carreira. Estes permitiram a ele a organizar sua vida dentro e fora do solo sagrado (campo de futebol – regra 01), valorizando suas ações para saciar seus anseios dentro da nobre função e, auxilia na escolha dos critérios a ser utilizados. Respeitar cada etapa deste planejamento impedirá uma possível frustração e lhe proporcionará os meios para obter o pleno sucesso no universo da arbitragem e na vida pessoal.

Por Valter Ferreira Mariano
Fonte Imagem: blog NINGUÉM MERECE SER 3G!!!

2 comentários:

Grace Paganini disse...

Realmente amigo...pra se ter sucesso ter q ir além!
Bjinsss

INVESTIGADOR PARTICULAR disse...

Ótimas dicas, meu amigo!
Acontece que mesmo abedecendo todas essas primicias pode-se esbarrar na bur"r"ocracia dos dirigentes de arbitragem que ao ter um pouco mais de poder, desobedecem estatutos e regulamentos internos para favorecer este ou aquele interesse pessoal.
Boa sorte a todos que desejam ser um árbitro renomado, mas não coloquem de lado sua essência por um interesse tão pequeno e ingrato.
Sds.